Veda a continuidade de abastecimento de combustível após o acionamento da trava de segurança da respectiva bomba

1 ano atrás
0 Views

Com o intuito de alertar e prevenir doenças à frentistas, a quem trabalha nos postos de gasolinas gaúchos e clientes, o projeto de lei nº 412/2015, pretende vedar a continuidade de abastecimento de combustível, após o acionamento da trava de segurança da respectiva bomba.

A gasolina automotiva, contém elementos químicos altamente tóxicos, além do benzeno, tolueno, etilbenzeno e xileno, cuja vaporização, é altamente poluente para o meio ambiente e sobretudo para a saúde de quem trabalha nos postos de combustível no comando do abastecimento, ou quem fica exposto ao mesmo.

O projeto não somente analisa a questão da saúde dos trabalhadores que em sua visão é de suma importância, mas também objetiva diminuir a poluição ao meio ambiente, além de garantir que os veículos não tenham prejuízos com a danificação do dispositivo que controla as emissões de vapores tóxicos ao meio ambiente.

Veja o projeto de lei Veja a justificativa