Combate à violência contra professores

1 ano atrás
0 Views

O projeto de lei nº 146/2014, propõe que as instituições de ensino estimulem a comunidade escolar a promover atividades de reflexão e análise da violência contra os profissionais de ensino, assim como estabeleçam em sua proposta pedagógica normas de proteção e prevenção dos educadores. A proposta prevê o afastamento temporário ou definitivo, conforme a gravidade do ato praticado pelo aluno ou funcionário infrator, e ainda, a licença remunerada do educador que estiver em situação de risco.

Na pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), publicada em 2015, 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana. Trata-se do índice mais alto entre os 34 países pesquisados – a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%.

Veja o projeto de lei Veja a justificativa