Deputada Zilá participa de Webinário sobre biometano nas cadeias produtivas de suínos e aves

3 meses atrás
571 Views

 

Presidente da Frente Parlamentar da Matriz Produtiva dos Biodigestores, a deputada estadual Zilá Breitenbach segue trabalhando para que a tecnologia seja acessível aos produtores rurais e possa auxiliar tanto na preservação do meio ambiente quanto servir de opção para ser mais uma alternativa de renda.

Assim, na manhã desta quarta-feira (25), a deputada acompanhou o Webinário sobre biometano nas cadeias produtivas de suínos e aves, que fez parte a programação do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Metano.

No evento o presidente da ABPA, Ricardo Santin, apresentou os dados de produção do Brasil em relação à carne suína e de frango. Afirmou, que há hoje 4 milhões de empregos nesta cadeia, sendo o país maior exportador de frango do mundo. Ainda, mostrou o interesse e a preocupação das pessoas, em saber de onde vem a carne animal, com grande ênfase à sustentabilidade, muito mais no período pós pandemia.

Ainda segundo Santin, dentro das novas políticas públicas sobre o tema, a população está cada vez mais atenta à todas as questões sustentáveis, e enfatizou a necessidade de todos trabalharem para implementação de projetos e avanços na área, que vão beneficiar além da  agricultura, a economia do estado e do país.

Ainda durante o evento, o engenheiro Agrônomo Sidney, que atua como gestor de projetos de cooperação, apresentou as perspectivas das políticas públicas produzidas pelo Ministério da Agricultura. Afirmou que já mapearam 300 biodigestores no Brasil, que comprovam os benefícios do programa, e falou sobre a importância de facilitadores para introduzir a biodigestão.

Da EMBRAPA Suínos e Aves, Airton Kunz, apresentou os dados da redução da pegada de carbono na agroindústria com a biodigestão. Todos palestrantes do evento concordaram sobre a necessidade de quebrar paradigmas e olhar as peculiaridades de cada local.

Atenta aos dados apresentados, Zilá acredita que a Frente Parlamentar está no caminho certo, e afirma que seguirá com o trabalho junto ao Governo do RS, grupo de trabalho e entidades financeiras para que aconteçam mais investimentos em Biodigestores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *