Deputada Zilá é a indicada do PSDB Mulher RS para a Medalha Ceci Cunha

1 mês atrás
290 Views

O PSDB Mulher RS escolheu a deputada estadual tucana Zilá Breitenbach para concorrer à Medalha Ceci Cunha representando o Rio Grande do Sul. A medalha tem por objetivo homenagear mulheres que contribuíram para a participação efetiva de outras mulheres na política brasileira.
A trajetória da deputada Zilá é o retrato do que a medalha busca destacar. Em sua carreira, ela teve uma importante atuação na inserção de mulheres na política e também no combate à violência contra a mulher a partir de leis aprovados em âmbito estadual, assim como por prejetos que ainda tramitam na Assembleia Legislativa Gaícha. Na formação e capacitação de mulheres em âmbito municipal quando secretária de Educação, Saúde, Vice-prefeita e depois prefeita de Três Passos, coordenou projetos com ênfase no empreendedorismo, estimulando as mulheres a agregarem valor às produções do campo através de agroindústrias familiares para assim terem uma renda extra e, como consequência, autonomia financeira.
Não menos importante é sua participação no mundo político defendendo a ampliação de espaços femininos. Quando presidente do PSDB RS visitou todos os municípios gaúchos ampliando o número de diretórios e comissões provisórias do PSDB, e sempre incentivando a participação das mulheres na política.
“Agradeço as tucanas pela indicação de meu nome para receber a Medalha Ceci Cunha. É o reconhecimento de um trabalho que realizo no enfrentamento da violência contra a mulher, assim como o incentivo da participação efetiva da mulher na política. Creio que apenas com união e força de vontade conseguiremos ocupar espaços de lideranças em nossa sociedade e termos voz para avançar em ambas as pautas,” afirmou a deputada Zilá, ao saber da indicação.
A escolha do nome da deputada foi feita por uma comissão, composta de acordo com o regulamento da medalha. Fizeram parte as integrantes da executiva do PSDB Mulher RS: presidente Paula Ioris , coordenadora de eventos Eliane Trindade, 2ª vice-presidente Ana Lúcia Reis, 1ª tesoureira Marilda Fazenda Campos e coordenadora jurídica Jandira Kaezala.
A medalha foi criada em honra à Deputada Federal de Alagoas barbaramente assassinada com seus familiares no dia da sua diplomação, em 1998. Cinco mulheres receberão a medalha, cada uma representando uma região do país. A deputada Zilá concorrerá com as representantes de Santa Catarina e Paraná. A escolha final será feita pelo PSDB Mulher Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *