Deputada Zilá palestra sobre Lei que incentiva o biogás na matriz energética do RS

3 semanas atrás
94 Views

A conversa com estudantes da UERGS de Três Passos aconteceu durante o 5ª Simpósio Regional de Gestão Ambiental e a 2º do Simpósio Regional de Agronomia – 3ª Semana Acadêmica Integrada dos cursos de Gestão Ambiental e Agronomia

 

Presidente da Frente Parlamentar da Matriz Produtiva dos Biodigestores cujo grupo elaborou lei adotada pelo Governo do RS propondo a alteração da Política Estadual do Biometano expandindo os benefícios também à produção do biogás e seus derivados (PL 270/2019), a deputada estadual Zilá Breitenbach esteve em Três Passos na última quinta-feira (24) palestrando na UERGS- Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

As potencialidades do Estado, da região noroeste para produção de Biogás, assim como as vantagens da energia limpa produzida pelos biodigestores, que também geram biofertilizantes, a renda extra que pode render ao produtor além de principalmente dar um destino correto aos dejetos de animais, foram abordados pela deputada que hoje preside da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da ALRS.

“O biodigestor transforma um passivo ambiental em um ativo financeiro. Se considerarmos os dejetos animais de suínos, aves, biomassa de vinícolas e agroindustrial, o RS tem um potencial de produção de 2,6 milhões de m³ de biogás por dia. No total, a geração de biomassas no Corede Celeiro é estimada em 1,98 milhão de toneladas ao ano, com destaque para o norte da região.

Os cinco municípios que mais detêm as biomassas avaliadas são: – Três Passos (17,55%) – Crissiumal (9,89%) – Humaitá (9,71%) – Tenente Portela (8,53%) – Vista Gaúcha (7,38%)”, explicou a deputada durante a sua fala, citando dados retirados do Atlas das Biomassas do RS.

A palestra aconteceu durante o 5ª Simpósio Regional de Gestão Ambiental e a 2º do Simpósio Regional de Agronomia – 3ª Semana Acadêmica Integrada dos cursos de Gestão Ambiental e Agronomia, a convite da UERGS que é integrante do Grupo de Trabalho que pertence a Frente Parlamentar da Matriz Produtiva dos Biodigestores.

RS PRESTES A TER LEGIALÇÃO PARA O BIOGÁS

O PL 2070/2019 está apto para ser votado em Plenário, e se aprovado irá alterar a Lei estadual n.º 14.864, de 11 de maio de 2016, tendo como um dos objetivos estabelecer mecanismos de incentivo à produção dos combustíveis. Para isso, o governo estadual poderá adquirir energia elétrica produzida a partir do biogás e biometano, criar linhas de crédito especial para a produção e conceder tratamento tributário diferenciado para produtos da cadeia de produção dos combustíveis, e até criar um fundo garantindo projetos de produção de pequeno porte.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *