Zilá visita comunidades do interior em Carlos Barbosa

2 semanas atrás
51 Views

Acompanhada do vereador tucano Miguel Stanislososki, a deputada Zilá Breitenbach esteve em Caros Barbosa na última sexta-feira (05) onde visitou algumas comunidades do interior. No Distrito de Arco Verde estiveram na empresa de conservas Coblens. Fundada em 1999, ela emprega mais de duzentas famílias e é destaque na agroindústria da Serra. Na mesma localidade visitaram a Salvi Alimentos, empresa do ramo de produtos congelados também de grande destaque no setor produtivo da cidade.

 

Cobertura de celular

Entre as demandas apontadas pela comunidade está a ampliação dos serviços de telecomunicação para área rural do município. “Esta é uma demanda antiga da qual o vereador e eu temos nos empenhado, juntamente com a comissão formada por representantes da comunidade de Arco Verde e Coblens”, destacou Zilá.

A deputada levou uma boa notícia. Conforme decreto federal assinado no final de 2018, está prevista a instalação de uma Estação Rádio Base – ERB 4G no Distrito de Arco Verde. Apesar do decreto prever o atendimento total das localidades até 31 de dezembro de 2023, Zilá disse que irá se empenhar para diminuir esse prazo no município. “Agora temos que trabalhar para incluir Arco Verde nas primeiras etapas do cronograma de instalações e ampliar esses serviços também paras outras comunidades, como Coblens, Cinco Alto, Cinco Baixo e Alpinada”.

 

Correios

Outra dificuldade apontada pelo vereador diz respeito aos serviços prestados pelos Correios, que não está mais atendendo localidades do interior. Conforme Miguel, as entregas que antes eram feitas quinzenalmente, não estão mais sendo realizadas no interior. “Existia uma parceria entre a Prefeitura e os Correios para entregas no interior, mas isso não está mais em prática. Gostaríamos de encontrar uma solução para esta situação”, preocupa-se Miguel.

Zilá disse que irá solicitar a Superintendência Estadual mais informações e encaminhamentos para o assunto. “As comunidades do interior precisam ter acesso a serviços que atendam suas necessidades. A comunicação é importante para essa população que está mais afastada do centro”, lamenta Zilá.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *