SAÚDE : Deputada Zilá alerta sobre o aumento dos casos de câncer de Colorretal

6 meses atrás
42 Views

Durante a Semana Estadual de Rastreamento de Câncer do Colorretal a presidente da Comissão de Saúde usa o espaço do grande expediente para abordar o tema.

 

Na tarde desta terça-feira (02) a deputada estadual Zilá Breitenbach (PSDB), autora da Lei 14.365/2013 que institui a Semana de Rastreamento do Câncer de Colorretal de 1º a 7 de abril, usou o espaço do grande expediente durante sessão plenária na Assembleia Legislativa do RS para abordar o tema.

A parlamentar alertou sobre os dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que apontam o câncer colorretal como o terceiro tipo de câncer letal com maior incidência, perdendo apenas para os cânceres de pulmão e de mama.

“Em nível mundial, são 1,4 milhões de casos novos ao ano. No Brasil, o câncer de colorretal é o segundo mais incidente entre as mulheres (depois do câncer de mama) e o terceiro mais frequente em homens (ficando atrás dos de próstata e de pulmão). Assim a Sociedade Brasileira de Cancerologia destaca que diante dos custos e da complexidade do tratamento, considerando a alta incidência e mortalidade, a prevenção se faz necessária, propiciando o diagnóstico da doença em fases iniciais com maior possibilidade de cura. Por este motivo estou aqui hoje reforçando que cada um faça sua parte e mantenha os exames em dia”, explicou Zilá.

Segundo o Fundo Mundial para Pesquisa de Câncer somente em 2018 foram diagnosticados 1,8 milhões de novos casos de câncer colorretal no mundo, 5% das pessoas devem desenvolver a doença ao longo da vida. “Este números comprovam a necessidade de investirmos em campanhas de conscientização sobre cuidados para prevenir ou detectar em estágio inicial a doença, já que assim as chances de cura são altas”, insiste a deputada.

Presidente da comissão de Saúde da ALRS, Zilá frisou que durante esta semana em sua página no facebook (www.facebook.com/deputadazila e www.deputadazila.com.br) e em seu blog estarão disponibilizadas informações sobre a doença, prevenção e os direitos das pessoas com câncer.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *