Zilá diz que PPA não contempla recursos suficiente para piso dos professores

7 anos atrás
8 Views

A deputada Zilá Breitenbach, do PSDB, questionou o secretário do Planejamento e Gestão e Participação Cidadã, João Motta, durante sessão da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, nesta quinta-feira (01), na Assembleia Legislativa, sobre o fato de o Plano Plurianual apresentado pelo governo Tarso ao Legislativo não contemplar recursos suficientes para a implantação do piso para os professores gaúchos.
 
Em resposta à deputada, o secretário ratificou que a previsão do governo é de implantação gradual do piso através da disponibilização de R$ 400 milhões por ano até sua integralização no final dos quatro anos. Não satisfeita com a posição do secretário, a deputada disse que se trata de uma questão simples de matemática, em que os cálculos não batem com o necessário para cobrir a folha, mesmo ao longo dos próximos quatro anos.

Zilá Breitenbach explicou que os gastos com pessoal e encargos da Secretaria da Educação ao final deste ano deve ser de R$ 4,7 bilhões em 2011. Para aplicar o piso, somente nesse ano, serão necessários mais 50% desse valor, totalizando R$ 7 bilhões em 2012, e atingindo, ao final do PPA, em 2015, o montante de R$ 30,3 bilhões acumulados no período. “Os cálculos estão defasados. Sempre defendemos a melhoria salarial com a devida análise dos recursos financeiros”, finalizou a deputada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *