Zilá condecora governadora Yeda Crusius com Medalha do Mérito Farroupilha

8 anos atrás
41 Views

A governadora Yeda Crusius recebeu, no fim da tarde desta terça-feira (7), a Medalha do Mérito Farroupilha, honraria máxima do Parlamento gaúcho e que é prestada aos que desenvolvem um trabalho de destaque. A cerimônia ocorreu no Salão Júlio de Castilhos e a medalha foi entregue pelo deputado Pedro Westphalen (PP), representando a presidência da Assembleia, e pela deputada Zilá Breitenbach (PSDB), que propôs a homenagem.

A deputada Zilá destacou a importância da gestão de Yeda. “A Medalha do Mérito Farroupilha representa o reconhecimento à governadora Yeda Crusius que, pela sua coragem, determinação e competência, consolidou e implantou as mudanças que, com certeza, ecoarão em cada canto deste Estado e serão relembradas pela história como decisivas para o desenvolvimento do nosso Rio Grande”, disse.

Destacando “as políticas inovadoras voltadas às áreas social e econômica”, a parlamentar afirmou que “governar é acima de tudo liderar e saber sublimar os interesses e as necessidades do coletivo”. Na sua opinião, “a gestão da governadora Yeda Crusius mostrou na prática que é possível fazer mais com menos. Com austeridade e responsabilidade, ela liderou a equipe que recolocou o Rio Grande do Sul no rumo do desenvolvimento”, afirmou.

Na avaliação de Zilá, a governadora implantou “um novo modelo de gestão, com foco em responsabilidade fiscal e resultados, e assim, o desenvolvimento do Estado avançou muito, com a geração de empregos e centenas de melhorias”. Além disso, afirmou que “o Orçamento público passou a ser uma peça de planejamento realista e regionalizada, com a previsão de aumento de investimentos a cada ano, desde 2007”.

Ao final da homenagem, a deputada Zilá disse que queria fazer um reconhecimento “à mulher gaúcha e a esta paulista que adotou o nosso Estado e que por ele foi adotada”. Um reconhecimento “à primeira mulher a governar o Rio Grande do Sul e Yeda Crusius sempre teve uma meta clara: melhorar a vida dos gaúchos”.

O deputado Pedro Westphalen (PP) disse que sentia-se honrado de poder presidir a homenagem em nome da Mesa Diretora. “O Parlamento gaúcho não poderia deixar de dar um testemunho de reconhecimento ao trabalho realizado por Yeda durante seus quatro anos de governo”, declarou. Ressaltou que a governadora recompôs as condições do Estado de atender as necessidades dos cidadãos gaúchos e que suas práticas de gestão não poderão ser abandonadas pelos próximos governos. O parlamentar disse ainda que “apesar das tentativas de desestabilização que Yeda sofreu ao longo de sua gestão, ela resistiu com bravura, coragem e competência, contando com seu secretariado, que desempenhou uma tarefa de verdadeiro sustentáculo de suas ações”.

O agradecimento da governadoraAo agradecer a distinção, a governadora também reconheceu “a oportunidade que o destino criou ao fazer o deputado Pedro Westphalen, seu líder de governo na Assembleia, como portador desta mensagem tão bonita”. À deputada Zilá Breitenbach, Yeda referiu-se como “querida amiga, realizadora e farol para muitos, mulher de coragem na luta por melhorias”. Destacou que a Medalha do Mérito Farroupilha “foi o melhor presente que recebeu ao final dos quatro ano em que governou junto às forças democráticas”.

Ela lembrou de que no início do seu governo veio até a Assembleia assinar o “Pacto pelo Rio Grande”, por acreditar que o que não é feito com o conhecimento da sociedade, dificilmente prospera. Yeda afirmou que está se despedindo de uma fase de sua vida para iniciar uma nova etapa. “Levo no peito a Medalha do Mérito Farroupilha, e dentro do meu coração levo o ideal farroupilha”. Disse ainda que “ousou como mulher, como mãe e como política, ao ousar mudar a ordem dentro de um diálogo pacifista”.

TrajetóriaA governadora Yeda Crusius nasceu em São Paulo, mas vive no Rio Grande do Sul desde 1970, onde desenvolveu sua carreira como economista, professora e comentarista de assuntos econômicos em emissoras de rádio e televisão. Foi em Porto Alegre, que teve e criou seus filhos, César Augusto e Tarsila, e seus netos, João Guilherme, Helena, Vinícius e Victória. Primeira mulher a governar o Rio Grande do Sul, Yeda Crusius foi também deputada federal e ministra do Planejamento e está filiada ao PSDB desde a criação do partido, durante da Constituinte de 1988. Em 2006, foi eleita governadora do Rio Grande do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *