Produtores de leite aceitam os 5% oferecidos pela Fazenda

9 anos atrás
37 Views

O crédito presumido será para a produção de queijo

Os integrantes da Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do RS (Apil) aceitaram a proposta da Secretaria da Fazenda em dar crédito presumido de 5% na entrada do leite para a elaboração de queijo limitado a produção de 40 mil litros/dia, não incluindo a bebida láctea. Conforme o secretário-adjunto da Secretaria Estadual da Fazenda, Leonardo Gaffree Dias, “o próximo passo é a reunião que ocorrerá na semana que vem com o Sindilat onde vamos explicar a situação a eles. Sobre a bebida láctea, estudaremos no segundo semestre. Já referente aos 7% solicitado pela categoria, nos comprometemos em realizar um estudo mais aprofundado para tentar achar a viabilidade de concretizar essa proposta.”

Conforme o presidente da Apil, Clovis Roesler, “aceitamos os 5% mas queremos que a Fazenda analise a possibilidade de nos dar os 7%, além de incluir a bebida láctea. Saímos daqui com a satisfação de termos sido recebidos tanto pelo Secretário da Fazenda como pelo Secretário-Adjunto durante as negociações que começaram em 2009. Estamos satisfeitos com o Governo por nos ouvir e ponderar nossa proposta e o apoio da deputada Zilá Breitenbach (PSDB) foi imprescindível nas negociações.”

Ao todo já foram quatro reuniões. Em abril, os integrantes da Apil estiveram propondo ao Secretário da Fazenda o crédito presumido sobre a matéria prima de 7% do ICMS para queijo e bebida láctea para quem produz até 50 mil litros/dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *