Deputados aprovam Projeto de Lei da deputada Zilá que torna Nonoai ‘Terra Sagrada’

9 anos atrás
19 Views

O Projeto de Lei nº 232/2008, de autoria da deputada Zilá Breitenbach (PSDB), que torna o município de Nonoai a Terra Sagrada pelo exercício do ministério dos Bem-Aventurados Mártires do Rio Grande do Sul, Padre Manuel Gomes Gonzáles e Coroinha Adílio Daronch, foi aprovado por unanimidade pelos deputados nesta terça-feira, 8.

Conforme Zila, “este Projeto de Lei tem o objetivo de homenagear a memória de pessoas que, com sacrifício da própria vida, souberam cultuar valores de coerência, solidariedade e justiça, bem como prestigiar a comunidade onde construíram sua biografia.”

O Padre Manuel Gomes Gonzáles e o Coroinha Adílio Daronch, eram de Nonoai, donde partiram numa viagem pastoral em direção a Três Passos em 1924, onde foram assaltados e mortos. O Padre Manuel Gómez González, espanhol de nascimento, foi o primeiro pároco do santuário Nossa Senhora da Luz de Nonoai. Segundo Zilá, “nada mais justo, portanto, que o município de Nonoai seja também declarado Terra Sagrada pelo exercício do ministério dos Santos Mártires, beatificados pela Igreja Católica em 21 de outubro de 2007.”

Também é de autoria da deputada Zila, a Lei nº 13.001, de 08 de julho de 2008, que declara Três passos “Terra Sagrada dos Bem-Aventurados Mártires do Rio Grande do Sul, Padre Manuel Gomes Gonzáles e Coroinha Adílio Daronch”. “O mesmo diploma legal completa a nominata dos municípios que constituem o Caminho dos Mártires”, declarou Zila.

A Lei entrará em vigor após ser sancionada pela governadora Yeda Crusius.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *