Assembléia analisa projeto que declara Mato Leitão como ‘Cidade das Orquídeas’

10 anos atrás
107 Views

Do site folhadomate.com.br

A deputada Zilá Breitenbach (PSDB) apresentou na Assembléia Legislativa o projeto de lei que considera oficialmente Mato Leitão como ‘Cidade das Orquídeas’. A proposta visa a institucionalizar e simbolizar o interesse e dedicação que a população tem ao cultivo às flores, em especial orquídeas.

“A autonomia socioeconômica do município vem sendo construída conjuntamente com o seu crescimento histórico. Desde os primórdios da sua colonização, sempre houve o interesse e a dedicação pelo cultivo das flores, fato que justificou a inclusão das orquídeas no brasão estampado na bandeira de Mato Leitão quando da sua emancipação”, justificou a deputada. Com a finalidade de apoiar o carinho dedicado a esta cultura pela sociedade e ao reconhecimento eternizado no símbolo municipal, Mato Leitão passou a realizar diversas exposições, em nível regional e estadual. Em razão do sucesso, o município sediou a 1ª Mostra Regional de Orquídeas em 1994. Já em 1996, foi sede da 1ª Exposição Estadual, evento que acontece a cada dois anos, reunindo centenas de plantas de espécies brasileiras e de outros países, comprovando a expressão do Núcleo de Orquidófilos de Mato Leitão, Venâncio Aires e região.

Cabe ressaltar, segundo Zilá Breitenbach, que, em 1º de outubro de 2006, a comunidade demonstrou apoio à administração em consulta popular, pois 81,38% (1.639 eleitores do total de 2.014) dos entrevistados manifestaram-se favoráveis à ideia de designar a cultura do cultivo de orquídeas ao município. Além disso, Mato Leitão já reconheceu a denominação cultural da Cidade das Orquídeas através da Lei Municipal nº 1.311, de 13 de outubro de 2006. Ao comentar sobre a proposta que tramita no Parlamento Gaúcho, o prefeito Carlos Bohn afirmou estar confiante na aprovação ainda neste ano.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *